Abgailfreitas's Blog

maio 3, 2010

APRENDIZAGEM / RUTH

Filed under: Uncategorized — abgailfreitas @ 6:31 pm
Tags: , ,

APRENDIZAGEM

RUTE DE MARIA MATOS LABRE

Aprendizado é uma das maiores virtudes que o ser humano pode alcançar, é poder observar que, se o individuo não aprende,não busca,não interpreta ,facilmente ele é manobrado ou seja manipulado,simplesmente aceita a opinião alheia. Para aprender bem é necessário buscar,interpretar,interagir,trocar conhecimentos,ir em busca de novas experiências.
Aprender é sem dúvida reconstruir, e não apenas copiar,é construir aquilo que você acha dentro do contexto,sempre buscando no aluno o aprendizado dentro e fora da sala de aula,porque o conhecimento do aluno é tão importante quanto o do professor. Sendo assim o papel do educador é ajudar o aluno a descobrir suas aptidões para que assim o mesmo seja capaz de desenvolver-se. É fazer com que o aluno tenha prazer em estudar, deixar o aluno a vontade respeitando suas opiniões.
Para alcançar uma aprendizagem significativa é necessário deixar de ser ditador, e ser construtor. Construir sonhos, idéias, alicerce. Quando tal aprendizagem é alcançada, o educando descobre seu desempenho sua força de querer alcançar algum objetivo. A aprendizagem depende de cada um de nós, somos responsáveis por aquilo que somos que criamos e devemos ser ponto de referência em qualquer ocasião. O aprender está dentro de cada pessoa, para isso temos que ter força de vontade, ter visão, perseverança e jamais achar que somos incapazes de aprender algo.
O objetivo do aprender bem, é ter liberdade para expor o mesmo, é um resultado de todos os esforços realizados e alcançados. Sabemos que não é nada fácil, mas a recompensa é muito gratificante de poder observar os resultados obtidos, porque a aprendizagem está conectado ao conhecimento. O aprender é uma forma de buscar, pois nos leva a uma capacidade reflexiva diante da realidade.
Desse modo a capacidade investigativa do sujeito que aprende, favorecendo ao educando e ao educador construção e reconstrução do conhecimento. Assim proporcionará uma aprendizagem com autonomia permitindo condições de construir, uma elaboração própria, com novas descobertas e curiosidades.
O educando desenvolverá uma boa aprendizagem se ele tiver um bom educador que possa mostrar e fazer com que o próprio aluno descubra suas habilidade descobrindo assim, seus pontos negativos e positivos. Contudo aprendizagem é sempre um desafio, pois é através da mesma que o aluno desenvolverá seu conhecimento.

APRENDIZAGEM ATRAVES DA PESQUISA

Temos que valorizar a capacidade e a criatividade da criança para que a mesma se torne um grande autor. E para alcançar uma aprendizagem significativa é necessário incentivá-las as crianças a pesquisar para aprender. Portanto a pesquisa é sem duvida um dos focos principais para a aprendizagem. A traves da pesquisa tanto o professor quanto o aluno podem tirar suas dúvidas, questionar e assim poder elaborar e reconstruir o conhecimento.
Evidentemente, o principal objetivo da pesquisa é tornar o pesquisador autor e protagonista de seu próprio conhecimento. Por isso que a pesquisa está interligado ao aprender bem, é um desafio que temos desde o inicio a enfrentar . No trabalho pedagógico devemos usar a pesquisa como aprendizagem,e o foco principal é ganhar cada dia mais conhecimento. Devemos sempre motivar os alunos a pesquisarem, pois é pesquisando, elaborando, reelaborando criando e recriando que chegamos a uma aprendizagem significativa.
A pesquisa deve ter toda uma organização de todo o grupo pedagógico além do que, é importante ressaltar que a criança deve está ciente que a mesma tem um objetivo, ou seja deve saber o porque da pesquisa e não apenas ter na mente o famoso passa tempo. Fica claro que o aluno que pesquisa sabe planejar, tem bom convívio, tem facilidade de interação em grupo, aceita opiniões, desenvolve um pensamento crítico e tem um bom hábito pela leitura, existem inúmeras qualidades que um pesquisador tem. Vale lembrar que na pesquisa ele tem possibilidades de descobrir um mundo diferente.
O ato de pesquisar é sem duvida um conhecimento único, antes de tudo o pesquisador deverá saber o que pesquisar, o mesmo deverá ter estudo independente e contudo ver os resultados alcançados. Nesse sentido é um processo que objetiva entrar em contato com realidades desconhecidas ou pouco conhecidas, revelando suas características e em seguida, observando critérios específicos e uma metodologia de trabalho. Até porque a pesquisa deve ter uma qualidade de visão formada.
Em todo caso fica claro que a escola que não encaminha seus alunos para uma determinada pesquisa, certamente acontecerá uma imagem de uma escola que não ouve avanço. O homem aprende pela observação da pesquisa, caso a pesquisa não seja levado a sério não há aprendizado eficiente. Aprender através da pesquisa requer autonomia, flexibilidade, construção do conhecimento, participação dos interessados, modo de pensar dos professores, inovação ou seja é um conjunto de ação, reflexão pesquisa e formação. Entretanto, pesquisar é muito mais do que registrar. É construir e reconstruir conhecimentos.

APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA

Sabe-se que o profissional da educação deve ser um instrumento fundamental para com os seus alunos. Antes de tudo precisa colocar em pratica o que ele realmente deseja aos educando. O mediador necessita trabalhar tempo, deixando de ser instrucionista e fazer com que o próprio aluno torne-se autônomo sujeito criativo.
O processo de aprendizagem é continuo e não pode parar. Para alcançarmos uma boa qualidade na educação precisamos ter criatividade ser formadores e autores de nossas próprias idéias, para posteriormente cobrar dos nossos alunos suas autorias. Tempo é fundamental, o aluno precisa se destacar e para isso necessita de tempo de estudo.
Isso não significa que o aluno não pode errar, parafraseando DEMO pois quem não erra nem duvida não pode aprender. Ou seja o aluno tem todo direito de errar, e nós educadores precisamos respeitá-los, para assim podermos alcançar a proposta que é, aprender bem. Por outro lado a pesquisa é a essência da aprendizagem,e como educadores precisamos despertar no aluno a importância da pesquisa. O educando precisa se descobrir, ter autonomia para expor suas idéias e descobertas.
Na realidade anda muito solta a questão da pesquisa para a própria aprendizagem,e é por isso que devemos fazer nossa parte.Se quisermos alunos pesquisadores,autores,capazes de construir novos conhecimentos,é necessário que nos nós educamos primeiro. A aprendizagem e pesquisa são elementos que não podem se separar,pois é justamente na pesquisa e no processo de aprendizagem que o aluno se tornará um formador de idéias,e assim o próprio estará capacitado para intervir melhor e transformar em realidade.
Na aprendizagem podemos criar e recriar coisas novas,e é importante buscar novos conceitos,novas idéias, também é uma forma de interagir de pesquisar de ir, em busca de novos horizontes. Desse modo é desenvolver a capacidade investigativa do sujeito que aprende, favorecendo ao educando e ao educador reconstrução do conhecimento. Assim proporcionarão uma aprendizagem autônomo, permitindo condições suas idéias.
Para alcançarmos tal aprendizagem, é necessário termos motivação para que possamos pesquisar, elaborar, e construir novos caminhos. Assim podemos desenvolver nossa capacidade com elaborações próprias descobertas e curiosidades. A aprendizagem faz parte da noção de vida,quando colocamos a nossa perspectiva de governar em pratica tudo fica mais claro.
A este propósito, temos que valorizar a capacidade e a criatividade da criança para que a mesma se torne um grande autor. Desse modo a criança precisa ser incentivada a construir suas próprias idéias. Na maioria das vezes essa aprendizagem não é significativa, pelo fato de termos professores onde usa sua voz e vez de autoritarismo e não se preocupa com o aprendizado do educando.
Sabe-se que para alcançar uma aprendizagem requer conhecimento, responsabilidade, ética, compromisso, motivação. Como dito,o aluno tem seus direitos de aprender, o mesmo tem que ser visto como peça fundamental onde ele busque o saber pensar, onde a mente dele trabalhe o aprender. O professor em si deve ajudar o aluno, tem que questionar, debater e só assim aprenderá. Antes de tudo é necessário o educando buscar, para alcançar um bom aprendizado.

AVALIAÇÃO NA APRENDIZAGEM

Avaliar requer cuidados, até porque o nosso dia a dia é uma verdadeira escola, onde avaliamos e somos avaliados. Como educadores devemos ter todo cuidado ao avaliar o nosso aluno, muitas das vezes a forma a qual usamos não ajuda com o aprendizado da criança, devemos nós policiar e agir de forma coerente,para assim alcançarmos um objetivo, que é fazer do aluno autor de suas próprias idéias.
A este propósito avaliar significa tomar decisões ou seja, é uma forma de ajudar o aluno dentro da própria aprendizagem. O objetivo da aprendizagem e avaliação é formar no aluno um sujeito emancipado, capaz de torna-se autor. Evidentemente que avaliação dentro da aprendizagem é uma decorrência da nossa vida,como disse, todos os dias somos avaliados.
Podemos atuar adequadamente com a pratica da avaliação da aprendizagem. Isso porque é uma boa oportunidade para nós,educadores vivenciarmos e trabalharmos condutas éticas, para que nossos alunos aprendam tal conduta. O ato da avaliação na aprendizagem tem que ter um objetivo, cada educando tem que alcançar uma meta, um resultado positivo onde essa aprendizagem cresça cada vez mais.
Luckesi diz:chega de confundir avaliação da aprendizagem com exames.Ou seja, esse tipo de avaliação não faz com que o aluno se desenvolva gradativamente, porque avaliação tem que ser feita com ferramentas básicas. O professor como educador deverá orientar de forma que o aluno possa planejar as atividades de acordo com as dificuldades. Tal procedimento favorecerá o avanço de cada um durante o ano letivo.
Na verdade avaliação dentro da aprendizagem tem que deixar de ser vista como uma ferramenta de medo e sim ser vista como foco principal pois só sabemos onde erramos se somos avaliados para poder melhorar e mostrar a nossa capacidade,pois, o objetivo maior é esse , desenvolver a própria aprendizagem. A idéia é de avaliar é fazer com que o aluno cresça, não dando nota para ser destaque ou menosprezando por achar ser professor da razão, pois cada um tem seu potencial e seu lugar.
O ato de avaliar é uma maneira de descobrir até onde o aprendizado está sendo assimilado pelo aluno. De forma geral sabemos que nos educadores família e comunidade estamos comprometidos cada vez mais no ato de avaliar. Porem ele vem sendo abordado cada vez mais,ocupando espaço e assim proporcionando a necessidade na construção do educando no seu ponto de vista.
Facilmente vê-se um tipo de avaliação: as famosas provas ou exames. Não quero dizer, que esse tipo de avaliação seja errada, mais quando o aluno não atinge uma nota desejada, isso não significa que ele não aprendeu, certo que não devemos abolir esse tipo de avaliação, mas o aluno precisa mesmo é é sentir-se livre,pensar, fazer da maneira que ele entendeu.
O aluno precisa de liberdade até porque não é o mesmo que tem que se adaptar a escola,é a escola que tem que se adaptar ao aluno,para ambos caminharem e assim alcançar uma aprendizagem de qualidade.
É importante lembrar que antes de tudo, precisamos está acolhidos principalmente psicologicamente, a partir daí a avaliação nos proporcionará condições para um melhor aprendizado.
Primeiramente, compreender a avaliação é focar dois pontos de partidas são eles: diagnosticar a forma de avaliar e decidir como avaliar,os dois são indispensáveis, até porque não tem como diagnosticar uma avaliação sem decisão, é para o desenvolvimento do aluno. A avaliação na verdade deve ser feita de forma construtiva para assim o aluno ter mais êxito, onde construirá sua própria historia.
Cabe ao profissional da educação ter habilidades para fazer um suposto diagnostico na criança, onde o mesmo tem que ser observado passo a passo. Sendo assim, o aluno será capaz de melhorar cada vez mais em suas elaborações, sua maneira de pensar e criar. Desse modo o aluno precisa ser avaliado como um todo, é dever do professor conhecer o aluno e suas dificuldades para só assim resolver o problema.
Além disso, o professor precisa ser autor para só assim, cobrar de seus alunos autorias,onde os mesmos tenham o próprio educador como referencia. Demo diz: dificilmente o professor aceita ser avaliado pelo aluno,o professor pode aprender da avaliação do aluno ,assim como o aluno precisa aprender da avaliação do professor.
Contudo avaliar é fazer com que o aluno aprenda bem, é cuidar, observar, está mais ao nível dele, para que o mesmo se torne sujeito criativo que constrói, reconstrói e elabora.

NÃO SE APRENDE NO TRADICIONALISMO

Há algum tempo que vimos falar no tradicionalismo, isso faz com que tenhamos educando sujeito capaz de não desenvolver uma boa aprendizagem, e sim o famoso decorar, que infelizmente abrange a maioria dos profissionais. Para alcançar uma meta de aprendizagem a escola tem que ter competência e liderança, onde tenham pessoas capazes de executar uma aprendizagem coletiva e individual.
É claro que o profissional da educação precisa em primeiro lugar gostar do que faz, ser criativo, comunicativo, ter postura, saber criar, elaborar, ser dinâmico dar oportunidade para seus alunos e saber respeitar suas opiniões, não usar tradicionalismo,para só assim deixar de ser visto como um ditador a ser democrático.
É inaceitável o educador não ter sua própria proposta, pois é através da mesma que teremos bons alunos, como educadores temos que proporcionar uma aprendizagem com rendimento,para que assim aconteça.Cabe cada um fazer sua parte. Parafraseando “professor que não aprendeu a aprender não será capaz de ajudar o aluno aprender”. O professor tem que ser referencia,sempre buscar novos conhecimentos,novas aprendizagens.
Até onde se sabe o tradicionalismo não é um resultado satisfatório,isso porque infelizmente existem educadores que não tem alternativa para que o aluno possa aprender seu modo de pensar. O ponto chave da educação deve ser o aluno aprender,saber pensar,ser critico e analítico.
Antes de tudo o professor deve vê sua pratica pedagógica,e principalmente sua relação com educando,sua comunicação com os estudantes deve ser clara,sintética e objetiva. Segundo Luckesi “como a qualificação, a tomada de decisão, também,não se faz num vazio’’. Assim digo, tomar decisão requer condições para o desempenho e o aprimoramento do sujeito. Na aprendizagem escolar somos a todo instante sujeitos a passar pelo peso redobrado porque envolve toda uma realidade.
Contudo favorecer ao estudante na sua reflexão, no seu papel, seus avanços e medos, onde ele possa superar as dificuldades no processo de aprendizagem.

MOTIVAÇÃO NO PROCESSO DA APRENDIZAGEM

A motivação tem que partir primeiro do educador, o professor tem que ser remunerado de tal forma que seja valorizado, porque não adianta sermos cobrado tanto se não temos a tal remuneração e valorização e principalmente material de apoio pedagogico, a motivação tem que está presente em nossas vidas de forma muito clara.
Vigotsky (1991 p.101) diz: “ O pensamento é gerado pela motivação.Assim digo,pelos nossos desejos, necessidades, interesses e emoções. É complexo falar de motivação na aprendizagem,com ênfase Bock diz: “ A motivação é o processo que mobiliza o organismo para a ação, a partir de uma relação estabelecida entre o ambiente e o objeto de satisfação’’.
A motivação na aprendizagem é de grande valor e deve ser considerado de forma cuidadosa, para que o aluno uma vez, sentir-se motivado, onde será despertado o interesse naquilo que será aprendido.
Na pratica temos uma realidade muito distante daquela que queremos, a todo instante somos cobrado para fazermos de nossos alunos autores de sua própria aprendizagem, no entanto existem vários motivos que causam a desmotivação no aprendizado do educando, infelizmente professores que usam o direito de autoritarismo, que trabalha por falta de opção e acabam prejudicando aqueles que na verdade são os que mais necessita, ambiente escolar, falta de ventilação, sala abafadas, ambiente com cheiro desagradável, iluminação, insucesso em séries anteriores, motivos associados a ambiente escolar,familiar,saúde.
São inúmeras as razões que desmotivam o aluno o que muitas vezes o leva a recusar-se a freqüentar um ambiente escolar. É importante que o professor se envolva emocionalmente com a aprendizagem.
Conclui-se então, para alcançarmos a proposta que é fazer o aluno aprender bem é preciso ser um profissional da aprendizagem, é necessário que antes de tudo o professor ame o que faz, sinta prazer em trabalhar com pessoas de realidades diferentes, afinal ele será responsável pela formação de cada aluno. Tenho convicção que o seu oficio, precisa ser desenvolvido com responsabilidade, autenticidade, inovação, seja construtivo saiba reconstruir e pesquisar.
Precisa planejar-se, para não chegar à sala diante dos seus alunos e não saber o que transmitir. Deve ser carismático, dinâmico, e está sempre preparado para qualquer situação, seja ela boa ou ruim. A responsabilidade é fundamental, pois os alunos aprendem com o educador, e sendo assim tem que se sentir responsável no meio em que vive, pois os mesmos serão preparados não só para a escola mais também para a vida.
Cabe ao profissional da aprendizagem ter habilidade, capacidade técnica e conhecimentos específicos para proporcionar essa interação entre informação e conhecimento. Por esse motivo é indispensável a habilidade de saber lidar com crianças para que possamos deixá-las a vontade e não sufocá-las.
Como educadores precisamos continuar inovando, produzindo, pesquisando e elaborando, pois a aprender depende de cada um de nós. Precisamos nos atualizar para poder passar coisas novas aos nossos educando de maneira clara, para que eles foquem o que lhes é transmitido.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRAFICAS

DEMO, Pedro,saber pensar é questionar.liberlivro, BRASILIA
DEMO, Pedro. Professor do futuro reconstrutor do conhecimento. Petrópolis,RJ:Voses,2004
DEMO,Pedro.saber pensar- 3ºEd.- São Paulo:Cortez:Paulo Freire,2002
Luckesi Cipriano Carlos avaliação 2006
VYGOTSKY,L.S pensamento e linguagem.São Paulo,Martins Fontes,1993

Anúncios

1 Comentário »

  1. Texto muito pertinente e motivador, movido por boa motivação. Aborda facetas importantes e com alguma elaboração.
    Sugiro que, na próxima, se centre mais numa perspectiva só, conferindo profundidade ao que coloca. Suas ideias são muito boas, pertinentes, inovadoras e atualizadas. Vejo aí enorme compromisso seu. Muito bom. Mas o texto científico fica melhor quando focado e aprofundado.
    Pedro Demo

    Comentário por abgailfreitas — maio 4, 2010 @ 5:54 pm | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: